sábado, 31 de março de 2007

Botões de Rosas

Colham botões de rosas enquanto podem,
O velho Tempo continua voando:
E essa mesma flor que hoje lhes sorri,
Amanhã estará expirando.
O glorioso sol, lume do céu,
Quanto mais alto eleva-se a brilhar,
Mais cedo encerrará sua jornada,
E mais perto estará de se apagar.
Melhor idade não há que a primeira,
Quando a juventude e o sangue pulsam quentes;
Mas quando passa, piores são os tempos
Que se sucedem e se arrastam inclementes.
Por isso, sem recato, usem o tempo,
E enquanto podem, vivam a festejar,
Pois depois de haver perdido os áureos anos,
Terão o tempo inteiro para repousar.
(Robert Herrich)

sábado, 24 de março de 2007

Tudo tem seu Tempo

Tudo neste mundo tem seu tempo;
cada coisa tem sua ocasião.
Há um tempo de nascer e tempo de morrer;
tempo de plantar e tempo de arrancar;
tempo de matar e tempo de curar;
tempo de derrubar e tempo de construir.
Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar;
tempo de chorar e tempo de dançar;
tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las;
tempo de abraçar e tempo de afastar.
Há tempo de procurar e tempo de perder;
tempo de economizar e tempo de desperdiçar;
tempo de rasgar e tempo de remendar;
tempo de ficar calado e tempo de falar.
Há tempo de amar e tempo de odiar;
tempo de guerra e tempo de paz.

Naufrágio

Davidson Alves

Ao relento, venho me despedir,
com muita tristeza no coração...
tristeza,
que enfado de corpo e alma,
e pensamentos que só me levam a você.


Sem você,
sinto um vazio profundo,
sinto-me,
como um navio em alto mar,
talvez,
perdido em meio a uma tempestade,
talvez,
cansado de esperar por socorro...


Nem o mais forte vento,
nem a mais densa neblina,
poderá me separar de você,
por que o destino nos uniu, e nada nos separará...


Fico aqui esperando por você,
esperando que diga,
que me quer por inteiro,
e será minha para sempre...
Espero que venha me salvar,
na imensidão deste mar...

segunda-feira, 19 de março de 2007


Amizade Fraterna
Nossa amizade fraterna é eterna
Não se corrói, não se corrompe, não se destrói
Alimenta-se de falar, de ouvir, de amar
Com gestos, com sonhos, com afetos.
Não importa onde estamos.
Vivos, mortos, aos prantos
Felizes nos encontros
Exilados nos desencontros.
Nossa amizade sincera se fortalece a cada era
Com brio de esplendor de uma fera
Compactando a união
Desbravando nossa esfera.para você com carinho...